Primeira leitura: At 10,34a.37-43: 
Comemos e bebemos com ele depois que ressuscitou dos mortos.
Salmo:  Sl 117,1-2.16ab-17.22-23 (R.24): 
R. Este é o dia que o Senhor fez para nós: alegremo-nos e nele exultemos!
Segunda leitura: Cl 3,1-4: 
Esforçai-vos por alcançar as coisas do alto, onde está Cristo.
Evangelio:
Jo 20,1-9: 
Ele devia ressuscitar dos mortos.

 


Primeira leitura: Gn 1,1 - 2,2: 
Deus viu tudo quanto havia feito e eis que tudo era muito bom.
Salmo:  Sl 103,1-2a.5-6.10.12.13-14.24.35c (R.30): 
Enviai o vosso Espírito Senhor, e da terra toda a face renovai.
Segunda leitura: Rm 6,3-11: 
Cristo ressuscitado dos mortos não morre mais.
Evangelio:
Lc 24,1-12: 
Por que estais procurando entre os mortos aquele que está vivo?

 


Primeira leitura: Is 52,13 - 53,12: 
Ele foi ferido por causa de nossos pecados.
Salmo:  Sl 30,2.6.12-13.15-16.17.25 (R. Lc 23,46): 
Ó Pai, em tuas mãos eu entrego o meu espírito.
Segunda leitura: 1Hb 4,14-16; 5,7-9: 
Ele aprendeu a ser obediente e tornou-se causa de salvação para todos os que lhe obedecem.
Evangelio:
Jo 18,1-19,42: 
Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo João.

 


Primeira leitura: Ex 12,1-8.11-14: 
Ritual da ceia pascal.
Salmo:  Sl 115,12-13.15-16bc.17-18 (R.cf.1Cor 10,16): 
O cálice por nós abençoado, é a nossa comunhão com o sangue do Senhor.
Segunda leitura: 1Cor 11,23-26: 
Todas as vezes que comerdes deste pão e beberdes deste cálice proclamais a morte do Senhor.
Evangelio:
Jo 13,1-15: 
Amou-os até o fim.

 


Primeira leitura: Is 50,4-9a: 
Não desviei o rosto de bofetões e cusparadas. (3º canto do Servo do Senhor)
Salmo:  Sl 68, 8-10. 21bcd-22. 31. 33-34 (R. 14cb): 
Respondei-me pelo vosso imenso amor, neste tempo favorável, Senhor Deus.
Evangelio: Mt 26,14-25: 
O Filho do Homem vai morrer, conforme diz a Escritura a respeito dele. Contudo, ai daquele que o trair.

 


Primeira leitura: Is 49,1-6: 
Eu te farei luz das nações, para que minha salvação chegue até aos confins da terra. (2º canto do Servo do Senhor)
Salmo:  Sl 70, 1-2. 3-4a. 5-6ab. 15.17 (R.15): 
Minha boca anunciará vossa justiça.
Evangelio: Jo 13,21-33.36-38: 
Um de vós me entregará... O galo não cantará antes que me tenhas negado três vezes.

 


Primeira leitura: Is 42,1-7: 
Ele não clama nem levanta a voz, nem se faz ouvir pelas ruas. (1º canto do Servo do Senhor).
Salmo:  Sl 26, 1. 2. 3. 13-14 (R. 1a): 
O Senhor é minha luz e salvação.
Evangelio: Jo 12,1-11: 
Deixa-a; ela fez isto em vista do dia de minha sepultura.

 


Primeira leitura: Is 50,4-7: 
Não desviei meu rosto das bofetadas e cusparadas; sei que não serei humilhado.
Salmo:  Sl 21,8-9.17-18a.19-20.23-24 (R.2a): 
Meu Deus, meu Deus, por que me abandonastes?
Segunda leitura: Fl 2,6-11: 
Humilhou-se a si mesmo; por isso, Deus o exaltou acima de tudo.
Evangelio:
Lc 22,14-23,56: 
Desejei ardentemente comer convosco esta ceia pascal, antes de sofrer.

 


Primeira leitura: Ez 37,21-28: 
Farei deles uma nação única.
Salmo: Jr 31, 10. 11-12ab. 13 (R. Cf. 10d): 
O Senhor nos guardará qual pastor a seu rebanho.
Evangelio: Jo 11,45-56: 
E também para reunir na unidade os filhos de Deus dispersos.

 


Primeira leitura: Jr 20,10-13: 
Ele salvou das mãos dos malvados a vida do pobre.
Salmo: Ele salvou das mãos dos malvados a vida do pobre.
Ao Senhor eu invoquei na minha angústia e ele escutou a minha voz.
Evangelio: Jo 10,31-42: 
Procuravam prender Jesus, mas ele escapou-lhes das mãos.

 


Primeira leitura: Gn 17,3-9: 
Farei de ti o pai de uma multidão de nações.
Salmo: Sl 104, 4-5. 6-7. 8-9 (R. 8a): 
R. O Senhor se lembra sempre da Aliança!
Evangelio: Jo 8,51-59: 
Vosso pai Abraão exultou, por ver o meu dia.

 


Primeira leitura: Dn 3,14-20.24.49a.91-92.95: 
Enviou seu anjo e libertou seus servos.
Salmo: Dn 3, 52. 53. 54. 55. 56 (R. 52b): 
A vós louvor, honra e glória eternamente!
Evangelio: Jo 8,31-42: 
Se o Filho vos libertar, sereis verdadeiramente livres.

 


Primeira leitura: Nm 21,4-9: 
Aquele que for mordido e olhar para a serpente de bronze viverá.
Salmo: Sl 101, 2-3. 16-18. 19-21 (R. 2): 
Ouvi, Senhor, e escutai minha oração e chegue até vós o meu clamor.
Evangelio: Jo 8,21-30: 
Quando tiverdes elevado o Filho do Homem, então sabereis que eu sou.

 


Primeira leitura: Dn 13,1-9.15-17.19-30.33-62: 
Estou condenada a morrer, quando nada fiz.
Salmo: Sl 22, 1-3a. 3b-4. 5. 6 (R. 4a): 
Mesmo que eu passe pelo vale tenebroso, nenhum mal eu temerei, estais comigo.
Evangelio: Jo 8,12-20: 
'Eu sou a luz do mundo'.

 


Primeira leitura: Is 43,16-21: 
Eis que eu farei coisas novas, e as darei ao meu povo.
Salmo: Sl 125,1-2ab.2cd-3.4-5.6 (R. 3): 
Maravilhas fez conosco o Senhor, exultemos de alegria!
Segunda leitura: Fl 3,8-14: 
Por causa de Cristo eu perdi tudo, tornando-me semelhante a ele na sua morte.
Evangelio: Jo 8,1-11: 
'Quem dentre vós não tiver pecado, seja o primeiro a atirar-lhe uma pedra.'

 


Primeira leitura: Jr 11,18-20: 
Eu era como manso cordeiro levado ao sacrifício.
Salmo: Sl 7, 2-3. 9bc-10. 11-12 (R. 2a): 
Senhor meu Deus, em vós procuro o meu refúgio.
Evangelio: Jo 7,40-53: 
Porventura o Messias virá da Galileia?

 


Primeira leitura: Sb 2,1a.12-22: 
Vamos condená-lo à morte vergonhosa.
Salmo: Sl 33, 17-18. 19-20. 2l.23 (R. 19a): 
Do coração atribulado está perto o Senhor.
Evangelio: Jo 7,1-2.10.25-30: 
Queriam prendê-lo, mas ainda não tinha chegado a sua hora.

 


Primeira leitura: Ex 32,7-14: 
Aplaque-se a tua ira e perdoa a iniquidade do teu povo.
Salmo: Sl 105, 19-20. 21-22. 23 (R. 4a): 
Lembrai-vos de nós, ó Senhor, segundo o amor para com vosso povo!
Evangelio: Jo 5,31-47: 
Há alguém que vos acusa: Moisés, no qual colocais a vossa esperança.

 


Primeira leitura: Is 49,8-15: 
Preservei-te para seres elo de aliança entre os povos e para restaurar a terra.
Salmo: Sl 144, 8-9. 13cd-14. 17-18 (R. 8a): 
Misericórdia e piedade é o Senhor.
Evangelio: Jo 5,17-30: 
Assim como o Pai ressuscita os mortos e lhes dá a vida, o Filho também dá a vida a quem ele quer.

 


Primeira leitura: Ez 47,1-9.12: 
Vi sair água do lado direito do templo, e todos os que esta água tocou foram salvos.
Salmo: Sl 45, 2-3. 5-6. 8-9 (R. 8): 
Conosco está o Senhor do Universo! O nosso refúgio é o Deus de Jacó.
Evangelio: Jo 5,1-16: 
No mesmo instante o homem ficou curado.