Consulta diaria


Primeira leitura: Dn 3,25.34-43: 
Liberta-nos com o poder de tuas maravilhas e torna teu nome glorificado, Senhor.
Salmo: Sl 24(25) (R.6a): 
Recordai, Senhor, a vossa compaixão!
Evangelio: Mt 18,21-35): 
Senhor, quantas vezes devo perdoar, se meu irmão pecar contra mim? Até sete vezes? Não te digo até sete vezes, mas até setenta vezes sete.

 


Primeira leitura: Is 7,10-14; 8,10: 
Eis que uma virgem conceberá.
Salmo: Sl 39(40),7-8a.8b-9.10,11 (R. 8a.9a): 
Eis que venho fazer, com prazer, a vossa vontade, Senhor!
Segunda leitura: Hb 10,4-10: 
No livro está escrito a meu respeito: Eu vim, ó Deus, para fazer a tua vontade.
Evangelio: Lc 1,26-38:
Eis que conceberás e darás à luz um filho.

 


Primeira leitura: Ex 3,1-8a.13-15: 
O 'Eu sou' enviou-me a vós.
Salmo: Sl 102,1-2.3-4.6-7.8-11 (R.8a): 
O Senhor é bondoso e compassivo.
Segunda leitura: 1Cor 10,1-6.10.12: 
A vida do povo com Moisés no deserto foi escrita para ser exemplo para nós.
Evangelio: Lc 13,1-9: 
Se vós não vos converterdes, ireis morrer todos do mesmo modo.

 


Primeira leitura: Mq 7,14-15.18-20: 
Lançará ao fundo do mar todos os nossos pecados.
Salmo: Sl 102, 1-2. 3-4. 9-10. 11-12 (R. 8a): 
O Senhor é indulgente e favorável.
Evangelio: Lc 15,1-3.11-32: 
Este teu irmão estava morto e tornou a viver.

 


Primeira leitura: Gn 37, 3-4.12-13a.17b-28: 
Aí vem o sonhador! Vamos matá-lo!
Salmo: Sl 104, 16-17.18-19.20-21 (R. 5a): 
Lembrai sempre as maravilhas do Senhor!
Evangelio: Mt 21,33-43.45-46: 
Este é o herdeiro. Vinde, vamos matá-lo!

 


Primeira leitura: Jr 17,5-10: 
Maldito o homem que confia no homem. Bendito o homem que põe sua confiança no Senhor.
Salmo: Sl 1,1-2.3.4.6 (R. Sl 39,5a): 
É feliz quem a Deus se confia!
Evangelio: Lc 16,19-31: 
Tu recebeste teus bens durante a vida e Lázaro os males; agora ele encontra aqui consolo e tu és atormentado.

 


Primeira leitura: Jr 18,18-20: 
Vinde, ataquemo-lo.
Salmo: Sl 30,5-6.14.15-16 (R. 17b): 
Salvai-me pela vossa compaixão, ó Senhor Deus!
Evangelio: Mt 20,17-28: 
Eles o condenarão à morte.