Consulta diaria


Primeira leitura: Hb 10,11-18:
Levou à perfeição definitiva os que ele santifica.
Salmo: Sl 109,1. 2. 3. 4 (R. 4bc): 
Tu és eternamente sacerdote segundo a ordem do rei Melquisedec!
Evangelio: Mc 4,1-20: 
O semeador saiu a semear.

 


Primeira leitura: Hb 10,1-10:
Eis que eu venho, ó Deus, para fazer a tua vontade.
Salmo: Sl 39, 2.4ab. 7-8a. 10. 11 (R. Cf. 8a.9a):
Eis que venho fazer, com prazer, a vossa vontade, Senhor!
Evangelio: Mc 3,31-35: 
Quem faz a vontade de Deus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe.

 


Primeira leitura: Hb 9,15.24-28: 
Cristo, oferecido uma vez por todas, para tirar os pecados da multidão, aparecerá uma segunda vez, fora do pecado, para salvar aqueles que o esperam.
Salmo: Sl 97,1. 2-3ab. 3cd-4. 5-6 (R.1a): 
Cantai ao Senhor Deus um canto novo, porque ele fez prodígios!
Evangelio: Mc 3,22-30: 
Satanás será destruído.

 


Primeira leitura: Ne 8,2-4a.5-6.8-10: 
Leram o Livro da Lei de Deus e explicaram seu sentido.
Salmo: Sl 18,8.9.10.15 (R. Jo 6,63c): 
Vossa Lei é perfeita, ó Senhor, vossas palavras são espírito e vida!
Segunda leitura: 1Cor 12,12-30: 
Vós, todos juntos, sois o corpo de Cristo e, individualmente, sois membros desse corpo.
Evangelio: Lc 1,1-4;4,14-21: 
Hoje se cumpriu esta passagem da Escritura.

 

Primeira leitura: 2Tm 1,1-8: 
Recordo-me da fé sincera que tens.
Salmo: Sl 95(96),1-2a.2b-3.7-8a.10 (R. 3): 
Anunciai entre as nações os grandes feitos do Senhor!
Evangelio: Lc 10,1-9: 
A messe é grande, mas os trabalhadores são poucos.

 

Primeira leitura: At 22,3-16: 
Levanta-te, recebe o batismo e purifica-te dos teus pecados, invocando o nome de Jesus.
Salmo: Sl 116(117),1-2 (R. Mc 16,15): 
Ide, por todo o mundo, a todos pregai o Evangelho.
Evangelio: Mc 16,15-18: 
Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho.

 

Primeira leitura: Hb 7,25 - 8,6:
Cristo ofereceu sacrifícios uma vez por todas, oferecendo-se a si mesmo.
Salmo: Sl 39, 7-8a. 8b-9. 10. 17 (R. Cf. 8a.9a): 
Eis que venho fazer, com prazer, a vossa vontade, Senhor!
Evangelio: Mc 3,7-12: 
Os espíritos maus gritavam: 'Tu és o Filho de Deus!' Mas ele ordenava severamente para não dizerem quem ele era.