Consulta diaria


Primeira leitura: Gn 17,3-9: 
Farei de ti o pai de uma multidão de nações.
Salmo: Sl 104, 4-5. 6-7. 8-9 (R. 8a): 
O Senhor se lembra sempre da Aliança!
Evangelio: Jo 8,51-59: 
Vosso pai Abraão exultou, por ver o meu dia.

 

 

Naquele tempo, disse Jesus aos judeus: Em verdade, em verdade, eu vos digo: se alguém guardar a minha palavra, jamais verá a morte.' Disseram então os judeus: 'Agora sabemos que tens um demônio. Abraão morreu e os profetas também, e tu dizes: 'Se alguém guardar a minha palavra jamais verá a morte'. Acaso és maior do que nosso pai Abraão, que morreu, como também os profetas? Quem pretendes tu ser?' Jesus respondeu: 'Se me glorifico a mim mesmo, minha glória não vale nada. Quem me glorifica é o meu Pai, aquele que vós dizeis ser o vosso Deus. No entanto, não o conheceis. Mas eu o conheço e, se dissesse que não o conheço, seria um mentiroso, como vós! Mas eu o conheço e guardo a sua palavra. Vosso pai Abraão exultou, por ver o meu dia; ele o viu, e alegrou-se.' Os judeus disseram-lhe então: 'Nem sequer cinquenta anos tens, e viste Abraão!' Jesus respondeu: 'Em verdade, em verdade vos digo, antes que Abraão existisse, eu sou'. Então eles pegaram em pedras para apedrejar Jesus, mas ele escondeu-se e saiu do Templo.

Comentário

A Palavra de Jesus é a palavra da vida. Essa é a lógica teológica apresentada pelo Evangelho de João. E é essa Palavra que produz vida em abundância e impede o acesso à morte. Os judeus não conseguiam entender essa revelação. Quem permite que Jesus seja o Senhor de sua vida e que sua Palavra entre em sua existência, sabe o que significa viver livre do pecado e da morte. Jesus acusa os judeus com suas próprias tradições. E não apenas com suas tradições, mas também traz à mente a memória de Abraão, o Pai do povo judeu. Jesus lhes confirma que, embora Abraão seja a figura mais proeminente na história e tradição judaica, ele, por outro lado, é o "eu-eu sou". Fica claro que quem não aceita Jesus como o "eu-eu" procura por todos os meios aniquilá-lo, removê-lo da vista, apagá-lo da existência. O convite é para que reconheçamos e aceitemos nesta Quaresma Jesus como o Senhor.

Santo do Dia
B. Elisabete Vendramini
1790-1861 ? fundadora ? \"Elisabete? quer dizer \"aquela que adora a Deus?, que tem a Deus como a \"plenitude da vida?

Elisabete Vendramini nasceu em Bassano de Grappa, Itália. De família rica e de bem com a vida, subitamente decidiu deixar de lado o futuro promissor e entrar para o convento. Ingressou na ordem terceira de S. Francisco, mas a vontade de Deus era que ela fundasse uma nova comunidade religiosa: as Terciárias Franciscanas Elisabetinas. Atenta em responder às necessidades de seu tempo, em ler \"os sinais dos tempos?, Elisabete Vendramini dedicou toda a sua vida ao serviço de assistência e de evangelização aos pobres (enfermos, idosos, órfãos, desamparados). Foi beatificada por João Paulo II em 1990.