Consulta diaria


Primeira leitura: Jr 11,18-20: 
Eu era como manso cordeiro levado ao sacrifício.
Salmo: Sl 7, 2-3. 9bc-10. 11-12 (R. 2a): 
Senhor meu Deus, em vós procuro o meu refúgio.
Evangelio: Jo 7,40-53: 
Porventura o Messias virá da Galileia?

 

 

Naquele tempo: Ao ouvirem as palavras de Jesus, algumas pessoas da multidão diziam: 'Este é, verdadeiramente, o Profeta.' Outros diziam: 'Ele é o Messias'. Mas alguns objetavam: Porventura o Messias virá da Galileia? Não diz a Escritura que o Messias será da descendência de Davi e virá de Belém, povoado de onde era Davi?' Assim, houve divisão no meio do povo por causa de Jesus. Alguns queriam prendê-lo, mas ninguém pôs as mãos nele. Então, os guardas do Templo voltaram para os sumos sacerdotes e os fariseus, e estes lhes perguntaram: 'Por que não o trouxestes?' Os guardas responderam: 'Ninguém jamais falou como este homem.' Então os fariseus disseram-lhes: 'Também vós vos deixastes enganar? Por acaso algum dos chefes ou dos fariseus acreditou nele? Mas esta gente que não conhece a Lei, é maldita!' Nicodemos, porém, um dos fariseus, aquele que se tinha encontrado com Jesus anteriormente, disse: 'Será que a nossa Lei julga alguém, antes de o ouvir e saber o que ele fez?' Eles responderam: 'Também tu és galileu, porventura? Vai estudar e verás que da Galileia não surge profeta.' E cada um voltou para sua casa.

Comentário

É comum pensar que desde os cenários pobres e lugares de exclusão não pode sair nada bom. Também na Igreja nos acomodamos a essas falsas interpretações de crer que Deus somente funciona nos círculos sagrados, com gente dedicada ao sagrado. Com a chegada de Jesus à humanidade começa uma mudança. Deus mexe o bolo. É a hora em que a família humana pode reencontrar o caminho. São os pobres que agora portam a notícia da salvação para a humanidade. Da Galileia chega a salvação. A Quaresma precisa fazer com que o nosso olhar se volte para os pobres, aos deserdados da história. A Igreja precisa descobrir que os pobres são um lugar teológico onde Deus se revela e salva. Com Jesus chega a novidade de um Deus amoroso. Todo o esquema muda. Os que vivem em suas seguranças se sentem ameaçados e em pânico. Por isso Jesus é perseguido e condenado. Aceitemos que a salvação de Deus chega de onde menos podemos imaginar.

Santo do Dia
S. Marcelino
séc. V ? mártir ? \"Marcelino? quer dizer \"pequeno martelo?

Marcelino foi um alto funcio nário romano, casado, tinha filhos e era amigo de S. Agostinho. Seu martírio relaciona-se com o cisma causado pelo bispo Donato, que afirmava que a eficácia e a validade dos sacramentos dependiam da dignidade do ministro. Com isso, Donato considerava ilegítima e inválida a sagração episcopal de Ceciliano para bispo de Cartago, feita por bispos traidores, pois, durante a perseguição de Diocleciano, esses bispos haviam entregue os livros sagrados para serem queimados.

Aliado a essa questão religiosa e a pretexto dela, havia também interesses políticos e sociais envolvidos. Marcelino foi enviado a Cartago para mediar a paz e evitar a guerra civil. Em uma assembléia, que reuniu cerca de 286 bispos católicos e 279 donatistas (seguidores de Donato), Marcelino sentenciou favoravelmente aos católicos. Descontentes, os donatistas tramaram sua morte, acusando-o de traição e de cumplicidade na insurreição de Heracliano contra o poder romano. Foi condenado à morte e executado em 413.