Consulta diaria


Primeira leitura: Is 49,8-15: 
Preservei-te para seres elo de aliança entre os povos e para restaurar a terra.
Salmo: Sl 144, 8-9. 13cd-14. 17-18 (R. 8a): 
Misericórdia e piedade é o Senhor.
Evangelio: Jo 5,17-30: 
Assim como o Pai ressuscita os mortos e lhes dá a vida, o Filho também dá a vida a quem ele quer.

 

 

Naquele tempo: Jesus respondeu aos judeus: 'Meu Pai trabalha sempre, portanto também eu trabalho'. Então, os judeus ainda mais procuravam matá-lo, porque, além de violar o sábado, chamava Deus o seu Pai, fazendo-se, assim, igual a Deus. Tomando a palavra, Jesus disse aos judeus: 'Em verdade, em verdade vos digo, o Filho não pode fazer nada por si mesmo; ele faz apenas o que vê o Pai fazer. O que o Pai faz, o Filho o faz também. O Pai ama o Filho e lhe mostra tudo o que ele mesmo faz. E lhe mostrará obras maiores ainda, de modo que ficareis admirados. Assim como o Pai ressuscita os mortos e lhes dá a vida, o Filho também dá a vida a quem ele quer. De fato, o Pai não julga ninguém, mas ele deu ao Filho o poder de julgar, para que todos honrem o Filho, assim como honram o Pai. Quem não honra o Filho, também não honra o Pai que o enviou. Em verdade, em verdade vos digo, quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou, possui a vida eterna. Não será condenado, pois já passou da morte para a vida. Em verdade, em verdade, eu vos digo: está chegando a hora, e já chegou, em que os mortos ouvirão a voz do Filho de Deus e os que a ouvirem, viverão. Porque, assim como o Pai possui a vida em si mesmo, do mesmo modo concedeu ao Filho possuir a vida em si mesmo. Além disso, deu-lhe o poder de julgar, pois ele é o Filho do Homem. Não fiqueis admirados com isso, porque vai chegar a hora, em que todos os que estão nos túmulos ouvirão a voz do Filho e sairão: aqueles que fizeram o bem ressuscitarão para a vida; e aqueles que praticaram o mal, para a condenação. Eu não posso fazer nada por mim mesmo. Eu julgo conforme o que escuto, e meu julgamento é justo, porque não procuro fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou.

Comentário

A maneira de ser de Jesus, sua forma de viver, de falar e de relacionar-se com os demais e com a criação irrita os funcionários religiosos judeus. Jesus não somente põe em quarentena as instituições religiosas como o sábado, mas também as ideias que o povo judeu tinha de Deus. Jesus é a palavra definitiva do Pai. Ele é quem nos pode dizer quem é Deus e qual é seu plano para a história. Quando quisermos ter uma experiência íntima e profunda com Deus devemos voltar a Jesus, que aderiu ao Pai. Sua vida está unida ao Pai. Sua ação é coerente com a vontade de Deus. Por isso é o único que nos pode revelar quem é Deus. E se caímos na conta, as vezes que Jesus nos diz quem e como é Deus, se distancia grandemente das ideias que temos de Deus. Que nesta Quaresma possamos nos aderir mais a Jesus para chegar a compreender a vontade de Deus e possamos confessar o Pai verdadeiro que Jesus nos revelou.

Santo do Dia
S. José o Hinógrafo
séc. IX ? monge ? \"José? quer dizer \"que Deus acrescente?

Ameaçados pelos sarracenos prestes a invadir Sicília, sua família foi para Tessalônica. Decidido a dedicar a vida a Deus, ingressou no renomado mosteiro de Latoma, onde teve por mestre S. Gregório o Decapolita. Tornou-se sacerdote em 840 e tomou parte ativa na discussão iconoclasta, defendendo o costume da veneração das imagens sagradas. Em Constantinopla, granjeou fama de homem culto, pio e virtuoso. Com seus monges fundou mosteiros, igrejas e uma escola de hinografia e música sacra. É considerado, depois de S. Romano, o Melode, um dos célebres poetas litúrgicos bizantinos.